Nas últimas décadas, muitas transformações envolveram a evolução do gerenciamento de Recursos Humanos. Tais mudanças são consequência da necessidade do aperfeiçoamento das habilidades competitivas das empresas. Dessa forma, o RH 3.0 representa um modelo de gestão baseado na participação e agilidade.

Esse novo modelo de gestão tem como proposta avaliar o gerenciamento de pessoas sob uma perspectiva diferente, aliando a função do gestor de RH com a tecnologia. O objetivo é integrar cada vez mais os profissionais e humanizar os líderes.

No conteúdo de hoje, você verá um pouco mais sobre essa nova forma de gestão do RH e aprenderá como implementá-la em sua empresa. Continue acompanhando!

Razões para adotar o RH 3.0

Nos dias de hoje, é crucial que as companhias compreendam a importância do investimento em tecnologias e talentos na área de Recursos Humanos. Isso porque modelos ultrapassados de gestão impedem o crescimento de qualquer negócio.  

Então, vale muito a pena apostar nas ferramentas tecnológicas para aumentar a performance do departamento, além de promover a motivação, o engajamento e a produtividade dos funcionários a partir do foco comportamental. Assim, a instituição é impulsionada para um crescimento maior.

Como melhorar a gestão de RH com a tecnologia

Ao compreender que o setor de Recursos Humanos é mais do que um simples segmento burocrático da empresa, o RH 3.0 surge dando uma nova função para a gestão de colaboradores e transformando a automatização dos antigos processos — para conectar os talentos às estratégias corporativas

Como dissemos, um dos objetivos desse novo paradigma é promover a motivação e produtividade dos funcionários.

Portanto, faz parte da aplicação desse novo modelo de gerenciamento o incentivo à capacitação dos colaboradores, o que resulta em diversos benefícios para a companhia, como: a melhora no clima organizacional, mais economia, resultados positivos e a propagação da cultura empresarial.

Tecnologia para melhorar, não substituir; quem é o profissional de RH 3.0

É comum pensar que quando o tema “novas tecnologias nas empresas” é abordado, a intenção é substituir colaboradores por máquinas e aparelhos automatizados. Mas como citamos ao longo deste artigo, a meta global das novas formas de gestão de colaboradores é melhorar a forma de trabalho existente — e não as descartar.  

Logicamente, alguns serviços serão automatizados, mas existem tarefas que somente a capacidade humana de análise e execução pode realizar.

O uso da tecnologia como forma de análise do comportamento digital das pessoas ajudará a companhia a reconhecer os profissionais mais qualificados e que compreendem os valores e alinhamentos da organização.  

A partir daí, o novo sistema trabalhará para aperfeiçoar as habilidades desses colaboradores, para que o desenvolvimento da empresa seja impulsionado.

O setor de Recursos Humanos é um segmento do negócio que precisa ser atualizado constantemente. E o RH 3.0 é o resultado dessa evolução organizacional: uma nova forma de gestão que contribui para a otimização do tempo, a automatização de processos e a obtenção dos retornos essenciais para o crescimento dos funcionários e da companhia.

Agora que você já sabe do que se trata esse novo modelo de gestão, siga-nos no Facebook, Instagram, LinkedIn e YouTube para receber mais notícias relacionadas ao assunto!

Deixe seu comentário