como criar rapport

Você sabe como criar rapport? Quem atua no mundo corporativo sabe da importância desse conceito para conquistar bons negócios. Está um pouco perdido, pois não sabe ainda o que é essa técnica? É simples!

O rapport nada mais é do que uma estratégia que incentiva a criação de um relacionamento profissional saudável e harmonioso, baseado no respeito e admiração mútua. O resultado? Clientes fidelizados e mais satisfeitos.

O conceito é fácil, contudo colocar em prática ações capazes de construir laços próximos e profundos com o público, colaboradores e fornecedores exige paciência e dedicação. Afinal, já dizia a sabedoria popular que a confiança é conquistada e isso não acontece do dia para a noite, não é mesmo?

Interessou-se pelo assunto e quer saber como criar essa estratégia com os clientes para alavancar os negócios? Então continue a leitura!

1. Trabalhe a linguagem corporal

O corpo fala. Essa é uma máxima que você deve sempre ter em mente. Cada gesto interfere na impressão do cliente sobre você. Lembre-se, nesse sentido, que o corpo é capaz de mostrar tudo aquilo que você tenta esconder. Por isso, tenha atenção redobrada ao seu comportamento.

Evite, por exemplo, cruzar os braços ou as pernas. Afinal, essa atitude transmite a sensação de insegurança. Realizar movimentos bruscos também não é indicado — porque você não quer correr o risco de passar uma imagem de agressividade, não é mesmo?

O ideal é gesticular com suavidade e manter o corpo direcionado para o ouvinte, uma vez que essa ação demonstra interesse no assunto. Além do mais, use um tom de voz amigável para deixar o cliente mais confortável.

2. Mantenha uma boa expressão facial

Existem pessoas que são tão transparentes que basta olhar a expressão facial para saber se estão contentes ou irritadas. Nesse sentido, tome cuidado para não cometer nenhum deslize com os seus clientes — como demonstrar sentimentos negativos por meio do olhar ou sorriso.

Para tirar de letra essa situação, vale a pena realizar alguns treinamentos em frente ao espelho. Faça diversas expressões e veja o que cada uma delas transmite. Evite balançar a cabeça para indicar negação e tenha cuidado com o olhar.

3. Seja um bom ouvinte

Tão importante quanto saber puxar uma conversa é ser um bom ouvinte. Não seja aquele tipo de pessoa que inicia um assunto após o outro e não deixa a outra parte opinar nada a respeito.

O pior nessa situação — e que você não deve deixar acontecer — é o interlocutor tentar expressar alguma ideia e ser interrompido. Lembre-se de que essa, sem sombra de dúvidas, é a fórmula certa para afastar o seu cliente.

O ideal é manter um diálogo harmonioso. Dê a devida liberdade e abertura para que o cliente fale o que pensa e deixe-o concluir a linha de raciocínio.

4. Busque por conexões

Nada melhor para fortalecer laços — tanto profissionais quanto sociais — do que ver que a outra pessoa também se identifica com alguns gostos e costumes. É nesse cenário que surge a importância de buscar por conexões.

Se o cliente falar, por exemplo, que o principal hobby dele é frequentar o teatro, inclua na conversa algumas apresentações artísticas que você já prestigiou. Essa simples ação vai aproximá-los e facilitará o relacionamento.

Acredite: ao colocar em prática as estratégias mostradas neste post, será muito mais fácil desenvolver um laço real e sólido com os seus clientes.

Agora que já sabe como criar rapport, compartilhe o que achou do conteúdo. Ele foi útil? Esclareceu suas dúvidas? Tem alguma experiência com o assunto? Deixe um comentário!

Deixe seu comentário