Após o término do evento, quando os participantes estiverem postando comentários entusiasmados com a experiência nas mídias sociais, você se sentirá realizado. No entanto, satisfação pessoal não é uma medida de sucesso. É aí que entra o retorno sobre o investimento (ROI). Esse indicador mede o sucesso de uma estratégia com base em seu custo. Mas como calcular o ROI?

Neste post abordaremos quatro passos para calcular e interpretar o ROI do seu evento. Confira:

Descubra como calcular o ROI do evento

Para eventos que visam obter lucro com vendas de ingressos ou produtos, o cálculo do ROI (do inglês, Return Over Investment) é muito simples.

Nesse caso, para calcular o ROI, basta subtrair o custo total do seu evento da receita total de vendas e dividir pelo custo do evento. Multiplique o resultado por 100 e você obterá uma porcentagem, que é o seu ROI.

[(Receita total de vendas – Custo total do evento) ÷ Custo total do evento] X 100 = ROI

Esse cálculo simples é tudo o que você precisa para determinar a rentabilidade do seu evento. Se seu ROI for 100%, isso significa que você dobrou seu investimento. Mas e se o objetivo do seu evento não for gerar receita com a vendas de ingressos ou produtos?

Identifique a meta principal

Qual é o objetivo do seu evento? Gerar leads qualificados? Atrair novos funcionários? Destacar ou lançar um novo produto? Depois de fazer uma lista de todos os seus objetivos, reduza suas respostas a apenas um objetivo principal: o mais importante.

Seus objetivos podem ser uma combinação dos seguintes indicadores:

  • aumentar o reconhecimento da marca;
  • aumentar as vendas;
  • promover o conhecimento do produto;
  • educação do cliente;
  • lançamento de novos produtos;
  • geração de leads;
  • geração de mídia e cobertura da imprensa;
  • aumentar o tráfego do website;
  • aumentar o engajamento nas mídias sociais;
  • desenvolver influenciadores e embaixadores da marca.

Colete dados

Agora é necessário escolher como acompanhar seu desempenho. Você pode utilizar uma ampla variedade de ferramentas para acompanhar seu progresso. Pesquisas online, por exemplo, podem ajudar você a avaliar a satisfação dos participantes.

Faça uma lista de todos os dados que você precisa reunir e de como eles se relacionam com seus objetivos.

Alguns dados que você pode coletar:

  • número de participantes;
  • leads;
  • oportunidades de vendas qualificadas;
  • inscrições;
  • vendas;
  • menções nas redes sociais/likes;
  • respostas de pesquisa;
  • referências e conversões a partir do site do evento;
  • cliques a partir de e-mail marketing;
  • e-mails abertos;
  • cliques em anúncios do evento.

Analise e interprete os resultados

Depois de capturar dados relacionados à sua meta e aos seus objetivos é hora de entender os resultados.

Os dados que você coletar dirão um pouco sobre o sucesso do seu evento, mas trabalhar com esses dados poderá fornecer uma visão ainda mais profunda do seu ROI.

Por exemplo, digamos que seu evento capturou 70 leads de vendas qualificados e seu objetivo era 40. Agora você sabe que superou sua meta em 57% e pode calcular o custo por lead dividindo o custo do evento pelo número de leads gerados.

Ao analisar as despesas do seu evento, não se esqueça de incluir as horas de trabalho que você e sua equipe dedicaram a ele, mesmo que você não tenha pago à sua equipe uma quantia extra. Isso lhe dará uma ideia mais precisa do custo real do evento.

O marketing de eventos e o marketing experimental devem ser tratados como qualquer outra parte do mix de marketing. Publicidade, conteúdo, relacionamento, redes sociais: todas essas áreas devem ter metas, métricas e um papel claro a desempenhar na sua estratégia geral de marketing. Eles também são analisáveis, mensuráveis e otimizáveis.

Marketing de eventos pode e deve ser tratado da mesma forma, como pudemos observar ao aprender como calcular o ROI de um evento. Gostou do nosso conteúdo? Então curta nossa página no Facebook, siga nosso Instagram, confira nossa página no LinkedIn e acompanhe nossas atualizações.

Deixe seu comentário